A Engenharia de Deus

Olhe ao seu redor e tente ver o quanto Deus foi generoso ao criar a vida, o Universo e tudo mais. Não, sério, olha bem. Criou os armários pra segurar os livros, criou os tapetes pra evitar que nossas cadeiras deslizassem desenfreadamente em direção à parede mais próxima, criou os sapatos para poupar nossos pés das mais terríveis moléstias que existem por aí.

Quando Deus criou o homem, ele rasgou seu diploma de Engenharia, tentou apagar com gasolina – o que não deu lá muito certo, fazendo-o estancar as chamas com um pedaço de pau, pra depois apagar a porra toda com um balde de merda. Depois vendeu no eBay.

Agora pare de olhar para a caixa onde seu pai guarda as Playboys de 1983 em diante e volte os olhares a você mesmo. Olhe suas mãos peludas e lembre-se de quando éramos macacos. Se essas lembranças não fazem mais parte do seu cérebro, lembre-se do nosso amigo Marquinhos, na terceira série.


Marquinhos sempre alegre e sorridente. Saudoso Marquinhos.

Deus é um engenheiro de segunda porque ele nos fez com itens de série que simplesmente não têm utilidade nenhuma. Ao invés de nos equipar com MP3 players e telas de LCD, Ele colocou unhas, pêlos nas axilas e apêndice.

Estes três itens nos proporcionam tantas utilidades como uma tromba num automóvel.

Unhas

Ok, éramos macacos, tínhamos garras fortes que nos permitiam descascar sementes e outros frutos de cascas duras e tudo mais. Todo animal tem garras. Mas só porque éramos macacos não significa que temos que carregar as características dos mesmos. Não pulamos mais entre os galhos, não sobrevivemos de bananas e não andamos com nossos derrières à mostra. Bom, pelo menos não na maioria do tempo.

Nossas unhas não servem para absolutamente nada. Não nos permitem escalar árvores nem muito menos têm função de proteção. No máximo proporcionam um detalhe estético nas mulheres, mas nos homens passa despercebido. A não ser que você, amigo leitor, seja TANGA e ‘usa base pra deixar suas unhas brilhantes e protegidas’.

O mais engraçado é que, pelo menos até onde o meu pequeno conhecimento de Discovery Channel me permite chegar, nós somos os únicos animais que comem as próprias unhas.

Pêlos nas axilas

Eles começam a se desenvolver na puberdade, junto com todos os outros pêlos do corpo. Eu, no auge dos meus 13 anos, já não conseguia mais admirar minha axila nua. Alguns demoram um pouco mais, e estes são os mais sacaneados pelos amigos na hora de tirar a camisa.

Somos mamíferos, portanto, por definição, somos bichinhos peludos e fofos. Todos os pêlos do corpo humano têm alguma função. Os pêlos das pernas e braços, na teoria, serviriam para nos aquecer como fazem com os outros mamíferos, mas falham miseravelmente ao exercer tal função. Mas eles não podem ser caracterizados como inúteis, já que nos definem como mamíferos. Se tirarem estes pêlos de nós, seríamos peixes.

As sobrancelhas evitam que muitas coisas ruins caiam sobre os olhos, como poeira, caspa e restos de comida se você come através de uma boca na testa. Os cílios também protege os olhos, muito sensíveis, de ciscos, poeira e tudo mais. O bigode serve para acumular restos de comida, para oferecer uma segunda refeição a qualquer hora do dia. A barba, no caso dos homens e de algumas mulheres, serve para nos deixar mais másculos e viris. Os pêlos pubianos têm sim função de proteção, mais uma vez evitando que pedaços de coisas ruins caiam em nossos genitais, protegendo nossas crias. Duvida? Imagine um pedaço de pão entalado na sua uretra.

Agora pêlos nas axilas servem para quê? Protegem do vento? Esquentam? Não! Eles estão lá só para acumular mais suor e nos proporcionar fabulosas pizzas, aqueles círculos de suor que crescem nas axilas espontaneamente. Fora há a contribuição para a flora microbiana da região. Aqueles chumaços de pêlos formam um playground perfeito para bactérias, fungos e rinocerontes. Uma vez aquecidos e confortáveis, eles se reproduzem insanamente nonstop, até que um cogumelo nasça debaixo do seu braço.

Apêndice

O Apêndice é a forma mais cruel da negligência de Deus quando nos projetou. Trata-se de um pequeno órgão sem função alguma ligado ao ceco, o começo do intestino grosso. A grande questão é: o que Deus tinha na cabeça ao manter um órgão tão imbecil dentro da gente, enquanto ele poderia simplesmente eliminar isso conforme nos evoluía como Pokemons?

Esta belezinha tem função benéfica praticamente nula: produz glóbulos brancos, mas em pequena quantidade. No outro lado da corda, os riscos de se manter esta rebimboca no nosso corpo são enormes. A qualquer momento de sua vida, inclusive enquanto você lê este texto, seu apêndice pode inflamar e te proporcionar dores abdominais absurdas.

Como ‘dor pra caralho’ nunca é suficiente, problemas maiores costumam acompanhar o apêndice nesta empreitada. Se não for retirado a tempo, ele corre o risco de simplesmente EXPLODIR, liberando fezes e pus dentro de você. Isso tudo ainda provoca uma grave infecção, que geralmente resulta em morte.

Através de analogia, vamos tentar entender o apêndice. Imagine que você herda uma usina termelétrica que está na sua família há muitos anos. Esta usina fornece tão pouca energia que você simplesmente a mantém lá porque vendê-la ou destruí-la daria trabalho demais para algo tão inútil. Só que a usina é anexa à sua casa, e ambas estão situadas sobre um pântano rico em gás natural. Se uma faisca escapar, todo o lugar vai pelos ares.

*a apendicite é mais comum na adolescência, o que faz você leitor deste blog ser MUITO MAIS SUSCETÍVEL a morrer enquanto lê estas linhas.

Custo-benefício

Se Deus fosse um bom administrador, o custo-benefício do ser humano seria muito maior. Enquanto ele gasta tanto com tais itens de série sem função alguma, poderia gastar a mesma quantidade nos equipando itens mais interessantes.

Um recall total seria o ideal. Voltaríamos à fábrica para troca de peças. Saem as unhas, pêlos nas axilas e apêndices, entra visão de raio-x, habilidade para voar ou super-força.

Tudo bem que o resto que ele criou é sensacional, cheio das complicações e descomplicações que só um cara tão legal quanto o próprio Deus é capaz de criar. Mas dar uma caprichadinha às vezes é bem legal, tipo quando, na aula de Educação Artística, você sempre entregava os desenhos em preto-e-branco por preguiça de pintar. “É meu estilo” era sua desculpa. Mas seu coleguinha sempre fazia desenhos piores, mas bem pintados. A professora gostava mais dele.

Se eu tivesse visão de calor, queimava ele todinho.

Autor: Raphs

Três palavras definem bem o autor: velho mau humorado. Fisicamente, três anos a menos. Mentalmente, sessenta anos a mais.

20 comentários em “A Engenharia de Deus”

  1. Isso sem falar que uns tem mais ou menos que outros, ou seja a produção não é feita em escala industrial robótica e concisa! Deus provavelmente usufrui da mão-de-obra barata fornecida pela população chinesa super populosa e adquire materiais de segunda linha de contrabandistas russos. Inegável.

    Recall já!

    Curtir

  2. eu discordo. as unhas, quando cultivadas, servem de paleta e dão uma sonoridade elegante aos violonistas, como eu. além de servirem para tirar meleca, achar a ponta do durex quando este se perde no próprio corpo, coçar (ai, que delícia) e tirar cascas de ferida (vai tentar arrancar uma casca com uma chave-de-fenda ou desentupidor de pia)
    os pêlos das axilas servem para armazenar suor, o qual nos confere um odor distinto que se integra à nossa personalidade. os pêlos servem como “tanques de reserva” dessa nossa identidade líquida e, quando raptadors ou perseguidos pela polícia, podemos ser farejados por cães policiais os quais se utilizam das “pizzas” com o nosso número serial úmido.
    já quanto ao apêndice, bom, serviu de referência pra nomear aquelas anotações extras nos finais dos livros.

    Curtir

  3. Pô. …Deus como bom engenheiro and proprietário de tudo que é, ficou dias acordado lá, calculando, projetando e talz.

    Ae pense, ele tinha que tá com tudo pronto em sete dias! Sete dias bixo!

    “Seven days”….

    Depois de seis dias fazendo tudooooooo sozinho, com tudo no papel ele falou: “Preciso tomar um café e dormir um pouco. Vou chamar o estagiário, e já que tá tudo passo a passo aqui no papel, ele deve dar conta de tudo sozinho”
    Então Lúcifer, que ctza devia ser o estagiário, foi lá fez umas modificaçõezinhasdenada, qse um toque pessoal sá? Ae deu no que deu.

    Mas eu acredito que isso tudo seja erro de programação sabe? A maçã devia ser um “easter egg” ou algo que valha, aí nos desentendimentos posteriores ainda no Gênesis e tudo mais Lú, não satisfeito por não ser efetivado no cargo de administrador Junior da “Vida, o universo e tudo mais S/A.”, cansado de ser um reles estagiário criou um código malicioso, fez um banner “Quer saber como ser dono da Vida, o universo e tudo mais S/A coma essa maçã aqui” e o resto da história todo mundo já conhece…

    Curtir

  4. “… coisas ruins caiam sobre os olhos, como poeira, caspa e restos de comida se você come através de uma boca na testa.”

    Conheço gente assim…

    Curtir

  5. unhas servem pra tocar violao classico…
    na verdade soh servem da mao direita LOl..pq a da esquerda tem q corta OO…
    ai fica uma grande e a otra pequena..
    LOOLOLOLOLOL
    tirando isso^^..amei *-*

    Curtir

  6. cara, antes de escrever tanta merda pra ser engraçadinho, leia!
    nem precisa sair de casa, use o mesmo google que tu usas para caçar essas imagens ae
    o apendice, é um sinal de evolução no nosso corpo, que por algum motivo ainda não eliminamos por inteiro (como o dente do ciso, que inclusive algumas pessoas já estão nascendo “sem”)…seria como uma peça do quebra-cabeças que “Deus” “negligenciou”…
    só te falo isso, o resto, leia você mesmo e se redima num outro post…
    vc não disse que esta com problemas pra escrever?
    pronto. acabou-se. fica ai a dica!
    lol

    Curtir

  7. Cara, que caca…

    Se Deus é louco, ainda assim ele é mil vezes mais inteligente que vc…
    Quem te garante que éramos macacos…
    Axu que pela sua evolução deveríamos ser outro animal que de tão “tosco” já não existe mais!!! Mas que pela covardia conseguiu sobreviver se alimentando de sonhos mortos, como um veradeiro necrofago.

    Ainda bem que vc não consegue inventar nada… Deus me livre!!!!!!!!

    Se não consegue entender o real valor das coisas que existem, imagine o resto.

    Se cuida cara

    Curtir

  8. ooolha até onde eu sei, tanto o apêndice quanto as unhas tinham mt utilidade … na pré historia ;s prakeles tempos … então IAUHEwa qd “sairam da fabrica” não foi mal projetado não

    Curtir

  9. Post bem interessante !!!
    Comentarios tão bons quanto o post, tirando uns malas que criticaram sem ter argumento algum, o resto dos comentarios são muito bons.
    Parabens…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s