Não sou muito fã de fórmula Truck

Em algum dia perdido lá atrás na história do mundo, muito provavelmente uma quinta-feira, um macaco burro caiu da árvore e teve que se virar como pôde. Depois de quase ser enrabado por uma zebra, o macaco então decidiu que era uma má idéia ficar andando de quatro, facilitava demais as coisas.

O macaco começou a andar ereto. Nascia o homem.

Desde este particular e improvável evento, esta mesma espécie tem por característica dominante a necessidade irracional de querer provar para os outros seres (da mesma espécie ou não) o quanto é fodão e dominante. Nessa ambição descontrolada, o homem é capaz de criar as coisas mais megalomânicas do Universo, apenas para acariciar seu próprio ego.

O humano é o único ser vivo capaz de raciocinar. Isso nos torna capazes de modificar o meio à nossa volta de acordo com nossas vontades, não apenas para garantir nossa sobrevivência.

Mas também nos torna capazes de dar origem a escabrosas ofensas ao bom senso.

Já inventaram coisa mais imbecil que a Fórmula Truck?

Caminhões são veículos originalmente desenhados para carregar cargas pesadas. São monstros sobre rodas, com motor a diesel e um torque absurdo. E são enormes.

Colocar estes monstros em circuitos fechados para correrem a quase 200 quilômetros por hora não se encaixa em momento algum do meu conceito de “razoável”. São CAMINHÕES, porra.

Você já viu uma corrida de fórmula truck? Se você quer perder alguns minutos do seu domingo, tente assistir. O que você vai ver é um monte de caminhão colorido soltando fumaça preta, algumas ultrapassagens bem legais (não seriam legais se não fossem caminhões) e acidentes. Muitos acidentes. E não são acidentes comuns, daqueles de Fórmula 1 onde um carro perde o bico e troca minutos depois. Não, isso é coisa pra mocinha.

São acidentes comparáveis à violência de uma explosão nuclear, que geralmente têm como resultado dois ou mais caminhões feitos em frangalhos. Essas merdas são feitas de papel!

Se é pra aparecer, quero ver neguinho fazendo corrida de dinossauro. Vai lá, vamo ver se tu é bom mermo.

Autor: Raphs

Três palavras definem bem o autor: velho mau humorado. Fisicamente, três anos a menos. Mentalmente, sessenta anos a mais.

7 comentários em “Não sou muito fã de fórmula Truck”

  1. Com certeza o mais legal de QUALQUER corrida são os acidentes. Até acho que deveriam dar um ponto extra para quem fizesse o acidente mais visualmente impressionante, assim pelo menos os últimos teriam alguma utilidade.

    Curtir

  2. Raphs,
    Pardon me! … mas concordo com o Ciclano… realmente ficou parecendo que você teve que fazer algo muito urgente… E o texto ficou… rsrsrsrs… Mas tá ótimo… Adorei a parte do macaco que cai da árvore… E também detesto fórmula Truck! Bjão…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s