Sobre a nova ordem da Internet, camwhores e as Cabeças de Pedra na Ilha de Páscoa

[título editado porque alguns não conseguiam acessar através do firewall da empresa]

Estávamos eu e Luke – mais uma vez – rabugenteando sobre a NOVA ORDEM DA INTERNETS. Chegamos à conclusão de que, no ponto tênue onde se encontram o livre arbítrio e a completa liberdade de expressão, os papéis se invertem e a realidade como a conhecemos se distorce. Quem faz o menor esforço ganha a maior recompensa.

Ou seja, vocês são o câncer que está matando a Internet.

Nessa NOVA ORDEM DA INTERNET, quem produz conteúdo ou se dá o trabalho de fazer pesquisa e/ou utilizar algum conhecimento para – de fato – produzir algo novo, recebe 3 cents de dólar no adsense e fica urrando de felicidade. Quem escreve como um retardado, ou sequer escreve, tem o prazer de degustar virtualmente seios femininos com seus respectivos nomes marcados à mão, tal qual uma vaca no pasto prestes a ser abatida.

Queria dizer que, se você é daquelas meninas que escreve o nome nos peitos e manda pra dono de blog só pelo attention whore way of life, você está no lugar errado. Sai do meu blog e entra no meu coração, sua linda.

Mentira, você é uma vadia e eu não me misturo com gente da sua laia.

Sinceramente, eu não consigo entender qual o propósito de vocês, meninas óbvio, se darem ao trabalho de exibir seus mamilos (quanto muito sua genitália) para um desconhecido dono de blog. Sério, não consigo entender a lógica disso.

Elas vão se sentir mais amadas sabendo que MILHARES DE PUNHETEIROS vão acessar suas fotos segurando apenas o mouse? Por acaso os pais delas sabem que ela fazem isso? Porque não experimentam contar?

menina do papai

Um dono de blog recebe sua foto de peitinho de fora como se fosse o Santo Graal chegando num Sedex. Aposto que, ao abrir o pacote, ele mesmo se pergunta “caralho, como alguém é trouxa o suficiente pra fazer isso? Foda-se, mas eu gosto”.

Por mais machista que possa parecer, o dono do blog não está errado. Postar foto das leitoras nuas que ele recebe no e-mail é a mesma coisa que postar uma apresentação de Power Point. Ele não tem culpa de receber, culpada é quem manda.

OK, é uma verdade universal: homens são animais. Mas isso torna o ato delas exibirem suas genitálias a desconhecidos, a troco de comentários e elogios? Qual a diferença disso pra uma dançarina de strip-club? É como você se prostituir atrás de uma máscara.

ninguém lê o nome da imagem por favor

Não, não, não me venha com aquele papo de “ah, mas isso é pra mulher se libertar dos estigmas do universo que foi criada, sempre repreendida e bla bla bla”. Então pra se libertar, a mulher tem que se comportar como uma vagabunda virtual?

Mandar foto nua para um desconhecido é liberdade feminista agora? Pode me chamar de antiquado, quadrado, boçal, mas tem alguma coisa errada aí. Por mais que eu ultimamente tenha tentado abrir minha cabeça para situações novas, atitudes novas e pessoas diferentes, não consigo sequer IMAGINAR um lado certo nessa história.

Não é querendo agir como um DEFENSOR DA MORAL E DOS BONS COSTUMES, mas a horda de cavaleiros brancos da Internet que ficam encorajando essas gurias a postarem mais, mostrarem mais, até chegar o ponto delas se abrirem em posição ginecológica só para deleite dos punheteiros… é, me deixa com bastante medo de colocar filhos no mundo.

Peço desculpas pela extrema falta de gosto e provável infelicidade na escolha de termos, mas a imagem é eficaz ao provar meu argumento:

Todo bom churrasqueiro conhece a parte do boi só de olhar a carne.

De duas, uma: ou eu não sei de mais nada nesse mundo, ou pedofilia deixou de ser crime?

****

Engraçado, tava pensando aqui.

E se a inversa fosse verdadeira por um momento? E se você, é, você leitor, fosse ao banheiro munido de sua câmera digital e uma caneta hidrocor, tatuasse o nome de um blog cujo público alvo são mulheres em seu pênis, fotografasse e enviasse para o blog em questão?

QUAL SERIA A REAÇÃO?

Autor: Raphs

Três palavras definem bem o autor: velho mau humorado. Fisicamente, três anos a menos. Mentalmente, sessenta anos a mais.

26 comentários em “Sobre a nova ordem da Internet, camwhores e as Cabeças de Pedra na Ilha de Páscoa”

  1. Nossa verdade… semprei achei escroto abrir um blog(porque ta virando modinha) agora to pensando em abrir um e realmente fazer sucesso
    Peitos…
    Alias quem manda é escrota mas quem recebeu tem obrigação de publicar.

    Curtir

  2. Eu acho que poses ginecológicas e peitos de fora são extremamente desnecessários, a mulher pode ser a mais gostosa, mas meu pra que se arreganhar tanto senão vai ganhar nada com isso! E outra, ficar pagando pau escrevendo nome de blog/pessoa no corpo nu…
    Tem que ver isso aí!

    Acho provocação algo sexy, sensual e muito atrativo, existem mulheres gostosíssimas que provocam e são felizes.
    Mas daí pra mostrar algo que no caso seria exclusividade de uso privado (no caso mostrar a bucet* e o usuário privativo seria o namorado / ficante) sei lá. Pega meio mal. (isso não quer dizer que condene quem faça, é bom que façam pq daí eu tenho o que mandar pros leitores :D)

    Pode parecer contraditório com o pensamento pervertido da nerdeliciouss!
    Mas não é, não sou retrógrada, sou a favor do estímulo mental e não da bucet* e peito de bandeja!

    Enfim cada um curte o que quer né…

    Beijos Odin! ❤

    Curtir

  3. hahahahaha esse post tem que ser favoritado para SEMPRE. E eu diria mais, porque já vi essas mesmas “vadias da internet” fazendo bizarrices AO VIVO em encontro do pessoal da internerds… Ou seja… o hobbie virou um hábito, não demora a virar profissão hahaha.

    Curtir

    1. Bom, de forma alguma eu critiquei os blogs que publicam esse conteúdo: “cada um é dono de seu blog e posta o que quiser”.
      Pra falar sobre, eu tenho que conhecer, certo? Os blogs são divertidos, acesso sempre que posso e gosto de alguns posts. Nunca disse que nunca vi as meninas.
      Só não gostaria que minha filha seguisse o exemplo.

      Curtir

      1. Você não saberia se sua filha estivesse fazendo isso. Pode acreditar.

        Não considero essas meninas “vagabundas” e, de verdade, entendo porque elas o fazem. Existem 2 motivos. 1º pq as vezes a guria apenas é exibicionista e isso traz prazer pra ela. A internet facilita a troca de informações (se é que vc me entende) sem que seja necessário um vínculo sentimental, ou a profissão de striper ou “a cara a tapa” pela sociedade que não entende os caminhos da sexualidade.
        2º pq toda mulher GOSTA de se sentir desejada. Elas dizem que odeiam pedreiros tarados, mas na verdade aqueles elogios bregas inflam o ego delas. Da mesma forma, se sentir desejada e adorada por milhares de pessoas na internet (e não importa se são nerds que estarão apenas com uma mão no mouse) as ajuda a se sentirem mais bonitas e confiantes, embora para você isso possa não fazer muito sentido.
        Por fim, acredito que se um homem envia fotos do penis para um blog que tem, em sua maioria, leitoras, o mesmo terá seu membro postado e elogiado por milhares de gurias. Homens e mulheres não são tão diferentes nesse ponto. A diferença mesmo é que é muito mais fácil desejar uma mulher qualquer do que desejar um homem qualquer…

        Curtir

  4. Ralph, seu texto é preconceituoso, moralista, retrógrado e autoritário.

    A vida é uma sucessão de eventos complexos e simples. Exigir motivação moral, política e cultural prá tudo que o ser humano faz revela uma visão de mundo infantil e idealista típica dos pouco experientes.
    Tirar a roupa, se mostrar, se fotografar é um simples exercício de liberdade individual idêntico ao da pessoa que decide se preservar. É apenas um pensar diferente, um sentir-se bem agindo assim ou de outra maneira.

    O exercício da liberdade individual consiste em fazer o que lhe convém sem a necessidade de justificativas desde que o ato praticado não atinja a liberdade individual do próximo.

    Exigir que alguém se submeta a nossa idéia de certo e errado é uma violência intoleráve, até porque ninguém nos elegeu portadores da moral e defensores dos bons costumes, seja lá o que isso possa significar.

    Resumindo, desde que não atinja ninguém e não infrinja a lei, cada um faz o que quer. Não cabe a ninguém julgar. Quem se sente ofendido pela liberdade alheia que não passa da esfera pessoal daquele que exerce, precisa fazer uma profunda auto-análise a fim de descobrir que evento de sua vida pregressa desencadeou esse terrível desejo de controlar o próximo.

    Deixe as meninas se envaidecerem com os elogios que recebem daqueles que as vê porque querem. Deixe os blogueiros exercerem o direito dado a eles pelas donas dos corpos de as publicar.

    Cada um dispõe do seu corpo como bem entende.
    Respeite o seu próximo.
    Striper é uma profissão como outra qualquer e merece respeito.
    A relação da garota com o pai e a família é problema deles e não seu.

    Se vc não quer que sua filha um dia se exiba nua na internet, isso sim é problema seu, não nosso.

    Pense nisso.

    Curtir

  5. Declaro encerrada esta discussão depois dos argumentos do Señor Flores.

    Ahasou. Isso é exatamente o que eu penso, mas não sei me expressar assim tão bem.

    Ah… meu nome é Dani.

    Curtir

  6. Quando um blogueiro recebe fotos dessa natureza e publica, ele está dando notoriedade à cabeça de vento que decidiu tirar as fotos e transformando-a em uma espécie de exemplo para tantas outras crianças tontas e sem limites.

    Na minha opinião, publicar fotos sensuais (ou até mesmo sexuais em alguns casos) é estímulo à pedofilia, por propositalmente ignorar a fonte das fotos e as consequências de tal publicação.

    Liberdade de expressão é dar sua opinião, e não ter 13 anos e mostrar o corpo por falta de discernimento.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s